INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página
-Isto é ridículo! Eu não me conformo - queixou-se o banhista à mulher - há mais de trinta anos que venho a esta praia e sempre a conheci por Praia dos Tomates, cheguei a aqui vir de bicicleta com a malta amiga, comíamos num barraco de estrada junto às Açoteias e depois vínhamos para aqui, porque era mais sossegado e não tínhamos de galgar ladeiras, e também havia umas bifas por aqui que gostavam de fazer nudismo e a gente aproveitava para consolar a vista. Agora, vieram para aqui os técnicos do Turismo e acharam que Praia dos Tomates era demasiado brejeiro e baptizaram-na de Praia da Rocha Baixinha! Ah, Ah! Que lindo nome! Que rocha? Só se for alguma pedra nos rins desses técnicos com aspirações a Saramago. E porque não tomates? O que é que os tomates têm de mal? Hã? A gente até brincava que vinha para aqui pôr os tomates de molho, mas o nome até podia ser uma homenagem ao agricultor remendado que esgravata a terra areada junto ao mar, construindo a sua hortazita em buracos cercados de tapumes de cana. É só gente armada em esperta! Olha, já que estou nesta praia, vou pôr os tomates de molho! Venho já!
Uma dúzia de passos, e o queixoso entra na água.
- Ahhhhh!
- O que foi, homem? Magoaste-te?
- Acho que dei um pontapé nalguma coisa, tenho o dedo a sangrar!!!
- Se calhar, encontraste a rocha baixinha...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...