Passa a palavra

De José Eduardo Agualusa:

«Regressamos sempre aos velhos lugares aonde amámos a vida. E só então compreendemos que não voltarão jamais todas as coisas que nos foram queridas. O amor é simples, e o tempo devora as coisas simples».

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue