INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Cão Maior

Na minha vizinhança há dois cães rafeiros de pouca-estimação, que são ícones habituais nas andanças e paranças dos nossos passos. Há um mais pequeno de pernas finas e orelhas arrebitadas, que não enfrenta as pessoas, mas também não as teme, talvez por ninguém ainda se ter lembrado de o maltratar. Parece-me um cão de caça perdido, deixado para trás nalguma caneira enquanto procurava tenazmente a presa abatida pelo seu dono. E depois, há um cão maior, de pelo castanho lustroso e com uma coleira descolorada que já foi vermelha. É grande e um pouco intratável, ladra aos carros e, por vezes, lembra-se de rosnar quando passamos, desaconselhando familiaridades de maior.
Este não é propriamente um rafeiro, e também não é um perfeito desconhecido. O cão era do Mendes, que morava na casa alpendrada junto à estrada. Já era assim com o Mendes vivo, gostava de se perfilar no pequeno alpendre e ladrar a tudo quanto passava, mas o Mendes mandava-lhe dois berros e ele calava-se e ia de mansinho deitar-se aos seus pés para um afago. O Mendes morreu há uns três anos e ele ficou por ali. O filho do Mendes não o quis levar, ladrava muito e ele tinha medo que lhe mordesse a filha pequena. O filho do Mendes só parou por ali para emparedar as janelas da casa para os drogados não se acoitarem nela, e nunca mais o vi, nem eu nem o cão de guarda da casa.
A casa tem vindo a ficar degradada e, nestes últimos meses, com a chuva, o telhado do alpendre soltou-se dum dos pilares e ficou suspenso como uma aba do que resta. O cão mantém-se nas imediações, e quando não está a vasculhar os caixotes de lixo ou a cheirar os sacos que encontra abandonados na valeta, dá largas ao mau feitio e mantém os carros e as pessoas afastados da sua casa. Por vezes, ladra sem parar, para desespero de quem mora perto e, dum momento para o outro, cala-se e vai deitar-se no chão do alpendre, como se o Mendes ainda ali estivesse para lhe fazer festas.
Estes cães de rua são muito estranhos, deve ser das porcarias que comem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...