INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Tonterias

“Não tenho palavras”, declarou ao editor, para justificar o atraso na entrega do original prometido.


Entrou nessa de saber o futuro, mas não gostou da experiência. Esperava notícias melhores. Em casa, com um estilete afiado, tentou retocar algumas linhas da mão antes de consultar novamente a quiromante.


Pandora abriu a caixa e libertou tudo o que havia de mau. No final, quando já desesperava, saiu lá de dentro um génio verde que se uniu a ela e a deixou de esperanças.


Sempre tivera o costume de dormir de olhos abertos. Faleceu numa manhã de Sábado, e a família só descobriu o óbito quatro dias depois.


“Também foi bom para ti?” – Perguntou ela à amiga, depois da troca de vibradores.


Ela decidiu ir trabalhar como mulher-a-dias para um Seminário, por achar que, por ali, devia haver muito sémen mal parado.


"É altura de acabarmos o nosso romance". O escritor escutou as últimas palavras da heroína principal e colocou o "Fim" no dito do romance.


Lembrou-se que nos filmes românticos, a pessoa amada nunca chega a partir no avião: desce correndo pela escadaria com rodas ou se acha no meio da pista depois do avião descolar. Teimou em ficar olhando o avião partir, sabendo que a vida não era um filme.


Para disfarçar a mancha de sangue do crime, tingiu o passeio com Ketchup.


(para actualização
desta página)

Dicionário

                O “seu” dicionário não tinha muitas palavras, e entre estas, havia muitas quase virginais, intocadas, outras devassadas e p...