Não existe

Confesso, que não sou um dos quatro portugueses que pagaram adiantado para fazer turismo espacial.
(Viver o dia-a-dia em Portugal coloca-me em face de situações e comportamentos tão absurdos que, por vezes, sinto que vivo numa outra Galáxia)

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue