INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página

Ratos, e homens




Este é o templo hindu de Karni Mata da cidade de Bikaner, no Rajastão, consagrado aos ratos, chamados kabas. Dedicado à deusa Karai Ma, conserva uma população de ratos que se estima em cerca de duzentos mil indivíduos. Segundo a crença, cada um dos ratos é a encarnação terrestre de um charan, contador de histórias profissional. Os devotos acorrem aí para os alimentar com doces e leite e obter as suas graças.
Se um poeta ou contador de histórias aí estiver em oração e um rato caminhar sobre a sua cabeça, isso é considerado um presságio de inspiração para as obras futuras. Outras superstições circulam sobre esses bichos adoráveis: que é bom sinal se um deles passar por entre as pernas (o que não é difícil, havendo tantos), e que a melhor fortuna espera aquele que aí conseguir encontrar um rato branco.
Bem vistas as coisas, é uma posteridade digna para os contadores de histórias, melhor do que ser esquecido, ou evocado superficialmente em datas cíclicas.

A sombra dos dias

               Um galão direto e uma torrada com pouca manteiga  - pediu a empregada no balcão à colega. Podia até ter pedido antes,...