traiçoeiro

Estava ali há horas com o seu diário no regaço. Tentava (d)escrever coisas vagas ou importantes, sentimentos, versos, tiradas filosóficas, sensações, coçeira no nariz, qualquer coisa. Não lhe ocorria nada. Exasperada, refundiu o seu diário numa gaveta funda e fechou-a com força. No instante em que o fez, o tempo retomou a sua marcha nos relógios e nos dias.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue