INSTRUÇÕES:

Outros dados, e cartas, no final da página
Nuco Xavier arranjou namorada, uma moça de família guardada e resguardada. O namoro foi à vista em horas contadas, ao lado da tia quarento-solteirona que não cochilava e do fedelho ranhoso que jogava Playstation entre os dois. O jeito era casar e Nuco Xavier ajeitou-se. Prendas para a família da noiva, prendas da família da noiva para os dois, e Nuco Xavier se viu de joelhos no altar ao lado da sua noiva inocente. Chegara a hora de se consagrarem ao matrimónio e Nuco Xavier tomou o missal nas mãos e começou: "Eu, Nuco..." e logo a noiva lhe foi arrancada do altar pelos sogros, que a arrastaram aos gritos pela nave da igreja para que não cometesse o erro da sua vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Rainha

                Subiu lesto os parcos degraus que separavam o átrio do hotel do recinto sobrelevado onde haviam instalado a receção. Ab...