manhã

A meia-noite era o cabo da Boa Esperança, do outro lado esperava-o a Índia ígnea e solar de Surya e Xiva. Dobrou a meia-noite e ficou a espreguiçar-se nas margens do Índico, a comer caril de galinha e a beber cerveja Laurentina.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue