Água-viva (parábola light)



- O seu cansaço pode ter muitas causas – disse-lhe o psicólogo – vamos fazer um pequeno jogo que me vai ajudar a interpretar o problema, não é nenhum teste e, por isso, não precisa estar nervoso. Tenho aqui estas cartas e cada uma delas tem um desenho ou motivo diferente. Só preciso que o senhor me diga o que vê em cada uma delas e o mais rápido que conseguir.
- De acordo!
Primeira carta: “Uma alforreca!!”, segunda carta: “Alforreca!”, terceira: “Alforreca!”…undécima carta: “Alforreca!”.
- É estranho. O senhor vê sempre uma alforreca, em todas. Podia ver um pano, pónei, pudim, uma ave, uma cave, um alarve, um abutre, uma vulva, um vulcão, uma mancha, um estreito, um gargalo, a penca do sogro, a espinha do congro ou a curva do ombro. Mas o senhor vê sempre uma alforreca. É previsível ao extremo e, vendo sempre a mesma coisa, não admira que ande sempre muito cansado, por mais que durma.
- E vai recomendar algum tratamento? Tenho de ser medicado?
- Sim, mas essas coisas levam tempo e o senhor só pensa em alforrecas. A curto prazo, ainda antes que qualquer tratamento surta efeito, é provável que desenvolva uma disfunção eréctil à conta disso. Isto é, se o senhor não for dado a fantasias...

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue