Entrados na quadra natalícia, a Inspecção-geral de Actividades Económicas pensa desenvolver a nível nacional uma mega-operação denominada "Peru Legítimo", que irá fiscalizar os centros de criação e abate de perus, para apreender os perus genéricos e de contrafacção. Os agentes fiscalizadores, especialmente treinados e formados para esta operação, terão particular atenção em isolar todos os ditos perus que grasnem, chilreiem, cacarejem ou zurrem. Isolados esses perus, os agentes irão então tentar comprovar a legalidade da sua proveniência e as suas condições de saúde. Os que passarem nesse exame serão devolvidos aos seus criadores para estes poderem encaminhá-los para o mercado de distribuição de carne de peru.

Mensagens populares deste blogue

A viagem

Abril de 1918 - o caminho para uma Primavera de sangue